Sobre a Revista

Foco e Escopo

O Cadernos de Ensino e Pesquisa em Saúde é um periódico eletrônico e interdisciplinar editado pela Gerência de Ensino e Pesquisa do Grupo Hospitalar Conceição (GEP-GHC). Destina-se às publicações que dialogam com a Saúde Pública e as Ciências da Saúde, inclusive nas suas interfaces com as Ciências Humanas. Nessas áreas, valoriza particularmente debates e produções relacionadas com os temas da assistência integral à saúde, avaliação e produção de tecnologias para o SUS, docência, ensino, pesquisa e trabalho em saúde.

Políticas de Seção

Em suas publicações periódicas, o Cadernos de Ensino e Pesquisa em Saúde contempla as seguintes seções:

  1. Editorial: texto elaborado pelos editores ou por convidados sobre temas relevantes para a saúde pública brasileira.
  2. Artigos: textos resultantes de pesquisas originais, revisões de literatura, sobre o processo de desenvolvimento de produções técnicas e relatos de experiências com até 25 páginas.
  3. Produções Técnicas: os produtos devem ser descritos segundo as orientações constantes em publicação, de 2019, por meio da qual se “divulga os resultados de estudos e proposições advindos de Grupos de Trabalho criados pela CAPES, com a finalidade de aprimoramento do processo e de instrumentos relacionados à avaliação da pós-graduação”. Alguns dos principais produtos: Ativos de propriedade intelectual (patentes); tecnologia social; material didático; software/aplicativo; Processo/Tecnologia não patenteável; relatório técnico conclusivo; manual/protocolo. Não deverão ultrapassar 15 páginas.
  4. Debates: espaço no qual o mesmo tema é abordado por dois ou três autores diferentes. Cada abordagem pode abranger até dez páginas.
  5. Entrevistas: depoimento de pessoa cuja abordagem seja relevante para se refletir sobre questão pertinente ao escopo do periódico. 
  6. Diálogo com a Sociedade: textos, em formato acadêmico, poético ou que utilizam linguagens diversificadas, destinados à divulgação de eventos, fatos, projetos inovadores e outras questões que podem contribuir com o avanço dos conhecimentos ou com reflexões sobre temas pertinentes ao escopo do periódico. Não deverão ultrapassar 15 páginas.
  7. Resumo: Resumos de Trabalhos de Cursos Técnicos, de Graduação, Especialização, Mestrado e Doutorado dna área da Saúde Pública e Ciências da Saúde.

Processo de Avaliação pelos Pares

Os textos submetidos ao Cadernos de Ensino e Pesquisa em Saúde são inicialmente avaliados pelos editores para verificar se estão de acordo com o Escopo/Foco da revista e em conformidade com as Diretrizes para Autores. Em seguida os trabalhos, sem qualquer identificação, serão submetidos a dois pareceristas pelo sistema de duplo cego. Caso seja necessário o texto poderá ser analisado por um terceiro parecerista. A cópia dos pareceres será enviada aos autores e, a publicação dos textos, aos quais forem sugeridas modificações está condicionada ao acatamento das mesmas pelos autores. Os resultados das avaliações podem ser: “aceito”, “aceito com modificações” e “rejeitado”. Os pareceristas observarão os seguintes critérios para a avaliação dos manuscritos, constante em formulário específico: Temática do trabalho; Título; Resumo; Problema/Problemática de pesquisa; Metodologia; Referencial Teórico e Discussão. A cada ano a relação de pareceristas ad hoc será atualizada pelo Conselho Editorial. Esse processo de avaliação, que corresponde ao momento da submissão até a decisão editorial, não ultrapassa o período estipulado pela CAPES, que é de seis meses.

Periodicidade

O Cadernos de Ensino e Pesquisa em Saúde tem publicação semestral. Publica dois números por ano.

Número 1: maio

Número 2: novembro

Política de Acesso Livre

Este periódico oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento ao público proporcionando maior democratização no acesso ao conhecimento.

Histórico do periódico