Submissões

O cadastro no sistema e posterior acesso, por meio de login e senha, são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso. Acesso em uma conta existente ou Registrar uma nova conta.

Condições para submissão

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.
  • A contribuição é original e inédita, e não está sendo avaliada para publicação por outra revista; caso contrário, deve-se justificar em "Comentários ao editor".
  • Observar se a identificação de autoria deste trabalho foi removida do arquivo e da opção Propriedades no Word (ou similar), garantindo desta forma o critério de sigilo da revista para a avaliação por pares.
  • O texto está em página A4 espaçamento 1,5, fonte Times New Romam 12; emprega itálico em vez de sublinhado (exceto em endereços URL); as figuras e tabelas estão inseridas no texto, não no final do documento na forma de anexos. Os arquivos para submissão estão em Word (Microsoft Office). As figuras e tabelas estão incluídas no corpo do texto. O tamanho de cada documento não é mais do que 2 MB.
  • O texto segue os padrões de estilo e requisitos bibliográficos descritos em Diretrizes para Autores, na página Submissões.
  • As referências estão em ordem alfabética de acordo com a última atualização das normas da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas).
  • Todos os autores do artigo foram informados sobre as políticas editoriais da revista. Os autores leram o manuscrito submetido estando em conformidade com o mesmo.
  • O manuscrito tem, em sua primeira folha, todos os elementos textuais necessários, incluindo o título, o resumo entre 7 e 15 linhas, as palavras-chave, o título em inglês/espanhol, abstract/resumen e keywords/palabras clave.
  • Caso o texto for resultado de pesquisa com seres humanos em Métodos/Metodologia há aprovação explícita pelo Comitê de Ética em Pesquisa, na instituição de origem.

Diretrizes para Autores

O Cadernos de Ensino e Pesquisa em Saúde não cobra taxas de editoração, submissão e publicação.

  1. Natureza das colaborações

1.1 - Cadernos de Ensino e Pesquisa em Saúde aceita para publicação textos que centrem sua discussão nas áreas das Ciências da Saúde, Saúde Pública e as Ciências Humanas resultantes de estudos teóricos, pesquisas empíricas, análises sobre práticas concretas ou debates sobre o cenário contemporâneo.

  1. Idiomas

2.1 - Os textos, em português, espanhol ou inglês devem ser inéditos não estando em avaliação para publicação em outro periódico.

  1. Identificação do(s) autor(es)

3.1 - No texto não deve conter qualquer identificação do autor e coautores. Esses dados, assim como vínculo institucional, formação e e-mail compõem os metadados, que devem ser preenchidos total e corretamente no momento do cadastro do autor para a continuidade do processo de submissão do artigo. No momento da Submissão do texto em Carregar Arquivo da Submissão, após anexar o manuscrito sem identificação anexar arquivo separado como Metadados.

3.2 - No arquivo separado Metadados (como documento suplementar) deverão constar o título do trabalho; o nome completo do autor ou, quando for o caso, do autor principal e dos (as) coautores (as); um mini currículo de no máximo três linhas contendo a informação da qualificação acadêmica mais alta e a descrição da instituição na qual a obteve; descrição da ocupação e vinculação profissional atual, caso as tenha; a contribuição de autoria; o link de acesso ao perfil dos (as) autores (as) nas plataformas ORCID  e Lattes, o endereço de e-mail para contato, conforme exemplo abaixo:

O Processo de Educação Permanente em Saúde em uma Hospital Público de Porto Alegre. Maria Flor da Silva. Doutora em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Professora no Mestrado Profissional em Avaliação de Tecnologias para o SUS do Grupo Hospitalar Conceição. ORCID: https://orcid.org/0ab1-0ab1-0abc-0ab1. Lattes: http://lattes.cnpq.br/00000000000000. E-mail: fulana@gmail.com.

3.3 - Todos (as) os (as) autores (as) e coautores (as) devem ser informados e cadastrados no ato da submissão. Não são aceitas inclusões de coautoria durante ou após o trâmite de avaliação do documento submetido.

  1. Apresentação dos originais

4.1 - Se uma versão do documento, preliminar, reduzida ou ampliada do texto já foi publicada em outro espaço, isso deve ser informado no momento da submissão, para evitar que o trabalho seja arquivado como “não inédito”.A revisão ortográfica é de responsabilidade dos autores.

4.2 - Os originais devem ser encaminhados pelo site do periódico https://revista.ghc.com.br.

4.3 - Os textos devem ser salvos no formato Word,  digitados em espaçamento entre linhas 1,5, alinhamento justificado, em fonte Times New Roman, tamanho 12. 

4.4 - As notas devem vir em notas de rodapé/fim e numeradas sequencialmente.

4.5 - O template da revista está disponível para dowloand clicando aqui.

  1. Avaliação dos textos

5.1 - Para garantir o anonimato para a revisão, que acontece por pares, os nomes dos autores não devem aparecer no corpo do texto. Pede-se também a eliminação de trechos que prejudiquem a garantia de anonimato na avaliação.

5.2 - Todos os dados de identificação dos autores deverão estar digitados nos campos apropriados no sistema de submissão, dessa forma esses dados não devem estar no documento encaminhado.

5.3 - Os originais recebidos serão submetidos a dois pareceristas que emitiram as avaliações. Para a finalização dos documentos, para a publicação, os editores salvaguardam-se o direito de efetuar algumas alterações formais no texto final apresentado.

  1. Submissão de Artigos

6.1 - Os documentos para a sessão artigos não deverão ultrapassar 25 páginas, espaço entre linhas 1,5, alinhamento justificado formatado para folha A4, incluindo referências biográficas, notas, tabelas e imagens. Deverá ter uma folha de rosto com: 1) o título do artigo; 2) resumo entre 7 e 15 linhas; 3) um conjunto de 3 a 5 palavras-chave separadas entre si por ponto e vírgula, grafadas com iniciais em letra minúscula; 4) título em Língua Inglesa ou Espanhola; 5) abstract ou resumem e 6) Keywords ou Palabras clave. Documentos encaminhados em língua estrangeira deverão contar obrigatoriamente com título, resumo e palavras-chave em língua portuguesa.

  1. Submissão de Produções Técnicas

7.1 - Os documentos para a sessão produções técnicas e diálogo com a sociedade não deverão ultrapassar 15 páginas, espaço entre linhas  1,5, alinhamento justificado formatado para folha A4, incluindo referências biográficas, notas, tabelas e imagens. Deverá ter uma folha de rosto com: 1) o título; 2) resumo entre 7 e 15 linhas; 3) um conjunto de 3 a 5 palavras-chave um conjunto de 3 a 5 palavras-chave separadas entre si por ponto e vírgula, grafadas com iniciais em letra minúscula; 4) título em Língua Inglesa ou Espanhola; 5) abstract ou resumem e 6) Keywords ou Palabras clave.

  1. Submissão de Resumos

8.1 - Os documentos para a sessão resumos devem ter entrada única de parágrafo, explicar o tema principal, ressaltar o objetivo, o método, os resultados e as conclusões. Deverá constar de: 1) o título; 2) resumo entre 7 e 30 linhas (não ultrapassando uma página); 3) um conjunto de 3 a 5 palavras-chave um conjunto de 3 a 5 palavras-chave separadas entre si por ponto e vírgula, grafadas com iniciais em letra minúscula; 4) título em Língua Inglesa ou Espanhola; 5) abstract ou resumem e 6) Keywords ou Palabras clave. 

  1. Palavras-Chave

9.1 - As palavras-chave deverão ser extraídas do vocabulário estruturado e multilíngue DECS - Descritores em Ciências da Saúde (DECS), desenvolvido pela BIREME - https://decs.bvsalud.org/ ou do Medical Subject Headings, da National Library of Medicine (EUA) (MESH) - https://www.ncbi.nlm.nih.gov/mesh/.

9.2 - Quando não encontrados descritores adequados para o assunto, poderão ser indicados termos livres. Devem ser incluídas de 3 a 5 palavras-chave, um conjunto de 3 a 5 palavras-chave separadas entre si por ponto e vírgula, grafadas com iniciais em letra minúscula. 

  1. Imagens, desenhos, gráficos/tabelas

10.1 - Se o documento contiver imagens, desenhos, gráficos/tabelas esses deverão ser inseridos no interior do texto, precedidos por título e sucedido por indicação da fonte. Lembramos que imagens devem ter autorização de uso de imagem e serem em 300dpi.  Figuras devem ser numeradas consecutivamente com algarismos arábicos, na ordem em que aparecem no texto. Legenda e fonte Times New Roman, tamanho 10. Ex.:Fonte: Autor, ano. As tabelas devem ser apresentadas no corpo do texto, numeradas consecutivamente com algarismos arábicos, na ordem em que aparecem no texto. Devem seguir as diretrizes do IBGE (1993), disponível no endereço: https://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/livros/liv23907.pdf.  Legenda e fonte Times New Roman, tamanho 10. Ex.: Fonte: Autor, ano. 

  1. Títulos

11.1 - Os títulos das seções textuais devem ser destacados gradativamente, sem numeração, alinhados à esquerda do texto. O título do artigo e o resumo deve estar em caixa-alta e em negrito (ex.: TÍTULO; RESUMO; seção primária, em caixa-alta e negrito (ex.: INTRODUÇÃO); e seção secundária, em caixa-baixa e negrito (ex.: Histórico).

  1. Citações

12.1 - As citações devem estar de acordo com as normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), NBR10520 (2002). Para fazer citações, será utilizado o sistema autor-data, onde indica-se a fonte citada pelo sobrenome do autor, seguido do ano da publicação e página, quando a citação for direta. 

12.2 - Citações diretas com até 3 linhas: citação é transcritas no texto, entre aspas. 

12.3 - Citações diretas com mais de 3 linhas: transcrita em parágrafo isolado, com recuo de 4 cm da margem esquerda, fonte menor (tamanho 10) que a utilizada no texto, em espaço simples, sem aspas e sem itálico. Devem ser precedidas e antecedidas por um espaço de 1,5 entre as linhas. Para citações indiretas, não é necessário colocar a página, apenas sobrenome do autor e ano da publicação. 

12.4 - Quando o autor da citação aparecer entre parênteses, digitar em caixa alta (letra maiúscula). No caso de estar incluído na sentença, digitar em caixa baixa (letra minúscula). Exemplo: (CASTRO, 2017) ou De acordo com Castro (2017) …. 

12.5 - Autor pessoal ou institucional não pode aparecer abreviado na citação. A forma escrita na citação e na referência deve ser a mesma. Citação com até três autores – separa-se os autores com ponto e vírgula, quando dentro de parênteses e, por vírgula quando estiverem inseridos no texto; Citação com mais de três autores – escreve-se o primeiro sobrenome seguido da expressão “et al.” em itálico. (FONSECA et al., 2015). 

12.6 - Citações de autoria governamental - a entrada é feita pelo nome geográfico correspondente à jurisdição ou pelo nome da instituição, seguida da data e página (s) do documento. (BRASIL. Ministério da Saúde. Grupo Hospitalar Conceição, 2019) ou Conforme Brasil. Ministério da Saúde. Grupo Hospitalar Conceição (2019).

12.7- Diferentes títulos do mesmo autor, publicados no mesmo ano, deverão ser diferenciados adicionando-se uma letra minúscula após o ano de publicação (BRASIL. Ministério da Saúde 2016a); (BRASIL. Ministério da Saúde 2016b).

  1. Referências Bibliográficas

13.1 - As referências bibliográficas devem ser apresentadas no final do texto, em ordem alfabética, obedecendo às normas da ABNT, NBR 6023: 2018.

13.2 - Devem ser digitadas com espaçamento simples entre linhas e separadas entre si por um espaço simples, fonte Times New Roman, tamanho 12. Abaixo, alguns exemplos de como proceder com as referências bibliográficas.

13.3 - LIVROS

13.3.1 - Até 3 autores:

VALLE, R. T.; GROSSMANN, E.; FERNANDES, R. S. M. Disfunções temporomandibulares: abordagem clínica. Nova Odessa: Napoleão, 2015.

13.3.2 - Mais de 3 autores:

GÓMEZ, A. I. P. et al. Educar por competências: o que há de novo? Porto Alegre: Artmed, 2011.

13.3.3 - Autor como organizador:

MOREIRA, G.; HADDAD, F.; BITTENCOURT, L. (org.). Recomendações para o diagnóstico e tratamento da síndrome da apneia obstrutiva do sono na criança e no adolescente. São Paulo: Estação Brasil, 2013.

13.3.4 - Autor como instituição:

BRASIL. Ministério da Saúde. Grupo Hospitalar Conceição. Gerência de Ensino e Pesquisa. Inquietações pandêmicas: vivências em tempos de Coronavírus. Porto Alegre: Hospital Nossa Senhora da Conceição, 2020.

WORLD HEALTH ORGANIZATION. Guideline: nutritional care and support for patients with tuberculosis. Geneva: WHO, 2013.

13.3.5 - Capítulo de livros:

PAQUAY, L.; VAN NIEUWENHOVEN, C.; WOUTERS, P. (org.). A avaliação, freio ou alavanca do desenvolvimento profissional? In: PAQUAY, L.; VAN NIEUWENHOVEN, C.; WOUTERS, P. (org.). A avaliação como ferramenta de desenvolvimento profissional de educadores. Porto Alegre: Penso, 2012. p. 13-38.

SILVEIRA, M. A. M.; MACHADO, P. X. A asma e seus aspectos psicológicos. In: BRASIL. Ministério da Saúde. Grupo Hospitalar Conceição. Gerência de Saúde Comunitária. Atenção à saúde das crianças e adolescentes com asma. 3. ed. Porto Alegre: Hospital Nossa Senhora da Conceição, 2015. p. 69-76.

13.4 - TRABALHOS ACADÊMICOS

MOREIRA, B. S. Protocolos assistenciais e a ética do profissional técnico de enfermagem na acolhida aos usuários nos serviços de saúde. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Técnico em Enfermagem) – Grupo Hospitalar Conceição/Instituto Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2016.

CECCHINI, A. Avaliação dos fatores epidemiológicos e prognósticos relacionados à craniotomia descompressiva traumática. 2015. Dissertação (Mestrado em Genética e Toxicologia Aplicada) – Programa de Pós-Graduação em Genética e Toxicologia Aplicada, Universidade Luterana do Brasil, Canoas, 2015.

SILVA, D. D. F. Entrevista motivacional na prevenção da cárie precoce da infância na atenção primária à saúde. 2015. Tese (Doutorado em Odontologia) – Faculdade de Odontologia, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2015.

13.5 - ARTIGO DE PERIÓDICOS

LEAL, S. M. C.; LOPES, M. J. M.; GASPAR, M. F. M. representações sociais da violência contra a mulher na perspectiva da enfermagem. Interface (Botucatu): Comunicação, Saúde e Educação, Botucatu, v. 15, n. 37, p. 409-24, 2011.

EIZIRIK, M. et al. Contratransferência no atendimento inicial de vítimas de violência sexual e urbana: uma pesquisa qualitativa/quantitativa. Revista de Psiquiatria do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, v. 29, n. 2, p. 197-204, maio/ago. 2007. 

SCHWARTZ, Y. Conceituando o trabalho, o visível e o invisível. Trabalho, Educação e Saúde, Rio de Janeiro, v. 9, p. 19-45, 2011. Supl. 1. 

13.6 - ARTIGO DE JORNAIS

BUBLITZ, Juliana. Mais pressão sobre o devedor, menos dinheiro de volta. Zero Hora, Porto Alegre, 12 mar. 2018. Notícias/Política, p. 6.

13.7 - TRABALHO EM EVENTOS CIENTÍFICOS

TEIXEIRA, L. A.; SILVA, G. J.; MARQUES, R. F. A biblioteca como mediadora nas questões sociais: o tráfico de mulheres no Mato Grosso do Sul. no que podemos colaborar? In: CONGRESSO BRASILEIRO DE BIBLIOTECONOMIA, DOCUMENTAÇÃO E CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO, 27, 2017, Fortaleza. Anais [...] Fortaleza: FEBAB, 2017, p. 37-42.

13.8 - LEGISLAÇÃO

BRASIL. [Constituição (1988)]. Constituição da República Federativa do Brasil. 56. ed. São Paulo: Saraiva, 2020.

BRASIL. Decreto-lei nº 2.481, de 3 de outubro de 1988. Dispõe sobre o registro provisório para o estrangeiro em situação ilegal em território nacional. Diário Oficial da União: seção 1, Brasília, DF, p. 19291-19292, 4 out. 1988.

13.9 - DOCUMENTO ELETRÔNICO 

13.9.1 - Artigo de periódicos:

LAZZARI, Daniele Delacanal; JACOBS, Lilian Gabrielle; JUNG, Walnice. Humanização da assistência na enfermagem a partir da formação acadêmica. Revista de Enfermagem da UFSM, Santa Maria, v. 2, n.1, p. 116-124, jan/abr 2012. DOI: https://doi.org/10.5902/217976923705. Disponível em: https://periodicos.ufsm.br/reufsm/article/view/3705. Acesso em: 24 jan. 2020.

13.9.2 - Artigo de jornais:

PROJETO de lei defende obrigatoriedade do teste do pezinho expandido no SUS. Zero Hora, Porto Alegre, 27 maio 2011. Disponível em: http://www.clicrbs.com. br/especial/rs/bem-estar/19,0,3326569,Projeto-de-Lei-defende-obrigatoriedade-do-Teste-do-Pezinho-expandido-no-SUS.html. Acesso em: 18 nov. 2020.

13.9.3 - Livro:

BRASIL. Ministério da Saúde. Humanização SUS: documento base para gestores e trabalhadores do SUS. 4. ed. Brasília, DF: Ed. Ministério da Saúde. 2010. Disponível em: https://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/humanizasus_documento_gestores_trabalhadores_sus.pdf. Acesso em: 27 maio 2020.

ATENÇÃO básica à saúde. In: BRASIL. Ministério da Saúde. O SUS de A a Z: garantindo saúde nos municípios. 3. ed. Brasília, DF: Ed. Ministério da Saúde, 2009.  p. 43-44. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/sus_az_garantindo_saude_municipios_3ed_p1.pdf. Acesso em: 22 nov. 2020.

13.9.4 - Informações retiradas da Internet:

BRASIL. Ministério da Saúde. Grupo Hospitalar Conceição. Quem somos: conheça o GHC. Porto Alegre, 2018. Disponível em: http://www.ghc.com.br/default.asp?idmenu=1. Acesso em: 22 nov. 2020.

INSTITUTO NACIONAL DO CANCER JOSÉ ALENCAR GOMES DA SILVA (INCA). Câncer de estômago. In: INSTITUTO NACIONAL DE CÂNCER  JOSÉ ALENCAR GOMES DA SILVA (INCA). Tipos de câncer. Rio de Janeiro: Instituto Nacional do Câncer, 2018. Disponível em: https://www.inca.gov.br/tipos-de-cancer/cancer-de-estomago. Acesso em: 22 mar. 2020.

13.9.5 - Trabalhos acadêmicos:

SILVA, C. S. O estresse ocupacional e a equipe de enfermagem de urgência/emergência: um olhar para estudos brasileiros. 2017. Dissertação (Mestrado em Educação em Ciências: Química da Vida e Saúde) – Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências: Química da Vida e Saúde, Porto Alegre, 2017.  Disponível em: https://lume.ufrgs.br/handle/10183/178438. Acesso em: 18 ago. 2020.

13.9.6 - Trabalho apresentado em evento científico:

ZANINI, L. N. et al. Identificação correta do paciente como indicador de qualidade. In: JORNADA CIENTÍFICA DO GHC, 9., 2019, Porto Alegre. Anais [...]. Porto Alegre: Grupo Hospitalar Conceição, 2019.

Artigos

Textos resultantes de pesquisas originais, revisões de literatura, sobre o processo de desenvolvimento de produções técnicas e relatos de experiências com até 25 páginas.

Produções Técnicas

Os produtos devem ser descritos segundo as orientações constantes em publicação, de 2019, por meio da qual se “divulga os resultados de estudos e proposições advindos de Grupos de Trabalho criados pela CAPES, com a finalidade de aprimoramento do processo e de instrumentos relacionados à avaliação da pós-graduação”. Alguns dos principais produtos: Ativos de propriedade intelectual (patentes); tecnologia social; material didático; software/aplicativo; Processo/Tecnologia não patenteável; relatório técnico conclusivo; manual/protocolo. Não deverão ultrapassar 15 páginas.

Diálogo com a Sociedade

Textos, em formato acadêmico, poético ou que utilizam linguagens diversificadas, destinados à divulgação de eventos, fatos, projetos inovadores e outras questões que podem contribuir com o avanço dos conhecimentos ou com reflexões sobre temas pertinentes ao escopo do periódico. Não deverão ultrapassar 15 páginas. 

Resumo

Resumos de Trabalhos de Cursos Técnicos, de Graduação, Especialização, Mestrado e Doutorado na área da Saúde Pública e Ciências da Saúde.

Entrevistas

Depoimento de pessoa cuja abordagem seja relevante para se refletir sobre questão pertinente ao escopo do periódico.

Política de Privacidade

Os nomes e endereços nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou à terceiros.