Atendimento odontológico de uma paciente com Lúpus Eritematoso Sistêmico:

relato de caso clínico

Autores

Palavras-chave:

Lúpus Eritematoso, Cárie dentária, Comorbidade, Hipersensibilidade

Resumo

Objetivo: relatar o atendimento odontológico na clínica de Odontologia para Pacientes com Necessidades Especiais do Hospital de Ensino Odontológico da Universidade Federal de Rio Grande do Sul, de uma paciente de 31 anos de idade, do gênero feminino, que apresentava Lúpus Eritematoso Sistêmico (LES) e outras comorbidades. Detalhamentos de Caso: Ao exame clínico identificou ser uma paciente ca?rie ativa com biofilme visível e sangramento gengival em quase todas as superfícies dentárias e sangramento gengival. Realizou-se a maioria dos procedimentos odontológicos planejados preservando sempre os cuidados pertinentes a sua condição sistêmica, proporcionando-lhe um benefício emocional positivo, através de estímulos constantes, inclusão gradual da paciente no ambiente clínico odontológico associada às atividades de reforço preventivo-educativo. Conclusão: a paciente relatada necessitou de um atendimento diferenciado, com cuidados especiais, para evitar risco de infecção relacionado ao uso de medicamentos imunossupressores. O reforço educativo da paciente foi uma constante durante seu tratamento, mas a depressão e a ansiedade foram condições altamente prevalentes na paciente o que impactou negativamente de forma significativa no término de seu tratamento odontológico e, por consequência, em sua qualidade de vida.

Biografia do Autor

Márcia Cançado Figueiredo, Faculdade de Odontologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Professora doutora titular da Faculdade de Odontologia da Universidade Federal de Rio Grande do Sul – Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil

Daiana Back Gouvêa, Universidade Federal de Rio Grande do Sul

Odontóloga da Faculdade de Odontologia da Universidade Federal de Rio Grande do Sul – Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil.

Caroline Martins Brasil, Universidade Federal de Rio Grande do Sul

Aluna de graduação da Faculdade de Odontologia da Universidade Federal de Rio Grande do Sul – Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil.

Ana Rita Vianna Potrich, Universidade Federal de Rio Grande do Sul

Odontóloga da Faculdade de Odontologia da Universidade Federal de Rio Grande do Sul – Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil.

Emily Alves da Silva , Universidade Federal de Rio Grande do Sul

Aluna de graduação da Faculdade de Odontologia da Universidade Federal de Rio Grande do Sul – Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil.

Referências

ABRÃO ALP, et al. O que o reumatologista deve saber sobre as manifestações orofaciais das doenças reumáticas autoimunes. Revista Brasileira de Reumatologia, [s. l.]., v.56, n.5, p.441-450, 2016. doi:http://dx.doi.org/10.1016/j.rbr.2015.08.011.

AINAMO J, BAY I. Problems and proposals for recording gingivitis and plaque. Int Dent J, [s. l.], v.25, n4, p.229-235,1975.

ANGELETTI F, et al. Hypersensitivity reactions to non-steroidal anti-inflammatory drugs (NSAIDs) – a retrospective study. JDDG: Journal der Deutschen Dermatologischen Gesellschaft, [s. l.]. 2020; 18 (12):1405–1414. DOI: https://doi.org/10.1111/ddg.14292.

ARAU?JO A.D., YE?PEZ T.M.A. Expressões e sentidos do lúpus. eritematoso sistêmico (LES). Estudos de Psicologia, [s. l.], v.12, n.2, p.119-127, 2007.

AURLENE N., et al. Prevalence of oral mucosal lesions, dental caries, and periodontal disease among patients with systemic lupus erythematosus in a teaching hospital in Chennai, Tamil Nadu. Journal of Family Medicine and Primary Care, [s. l.], v.9, n.7, p.3374–3380, 2020.

BATISTA W.L., et al. Mortalidade por lúpus eritematoso sistêmico no Brasil de 2005 a 2014. Revista Vita et Sanitas, Trindade, v.11, n.1, p.3-14, 2017.

BOTAZZO C. A bucalidade no contexto da Estratégia Saúde da Família: ajudando a promover saúde para indivíduos, grupos e famílias. In: MOYSÉS S.T., KRIGER L., MOYSÉS S.J., organizadores. Saúde bucal das famílias: trabalhando com evidências. São Paulo: Artes Médicas; 2008. p. 81-88.

BRAGA M.M., et al. Detection activity assessment and diagnosis of dental caries lesions. Dent Clin North Am, [s. l.], v.54, n.3, p.479-93, 2010.

BRASIL V.M., MIRANDAA.F.Alterações orais em pacientes portadores de lúpus eritematoso sistêmico. Revista Ciências e Odontologia, [s. l.], v.4, n.2, p.35–43, 2020.

CAVICCHIA R., et al. Qualidade de vida em pacientes com lúpus eritematoso sistêmico. Jor Healt Scienc Institut, São Paulo, v.31, n.1, p.88-92. 2013.

COSTA L.M.,COIMBRA C.C.B.E. Lúpus eritematoso sistêmico: incidência e tratamento em mulheres. Revista Uningá Review, Maringá, v.20, n.1, p.81-86, 2014.

CRINCOLIV., et al. Temporomandibular Disorders and Oral Features in Systemic Lupus Erythematosus Patients: An Observational Study of Symptoms and Signs. International Journal of Medical Sciences, [s. l.], v.17, n.2, p. 153–160, 2020. DOI: 10.7150/ijms.38914.

FIGUEIREDO M.C., et al. Atencio?n odontológica a paciente pediátrico con neurofibromatosis tipo 1: relato de caso clínico. Odontoestomatología, Montevideo, v.22, n.36, p.87-93, 2020. DOI: http://dx.doi.org/10.22592/ode2020n36a10.

FREIRE.A.M., et al. Medidas de avaliação em lúpus eritematoso sistêmico. Rev. Bras. Reumatol, São Paulo, v.5, 1n.1, p.75-80, 2011. DOI: https://doi.org/10.1590/S0482-50042011000100006.

JEONG, S.J., et al. Incidence and risk factors of infection in a single cohort of 110 adults with systemic lupus erythematosus. Scand J Infect Dis, [s. l.], v.41, n.4, p.268-74, 2009. DOI: https://doi.org/10.1080/00365540902744741.

JUNIOR C. Endocardite infecciosa e profilaxia antibiótica: um assunto que permanece controverso para a odontologia. RSBO, [online]. 2021;7(3):372–376.

LI S., et al. Prevalence and incidence of systemic lupus erythematosus and associated outcomes in the 2009–2016 US Medicare population.Lupus [s. l.]., v.29, n.1, p.15–26, 2019. DOI: https://doi.org/10.1177/0961203319888691.

LIU Y., et al. Effect of hydroxychloroquine on preeclampsia in lupus pregnancies: a propensity score-matched analysis and meta-analysis. Arch Gyneco Obstet, [s. l.], v.303, n.2, p. 435-441, 2021.DOI: https://doi.org/10.1007/s00404-020-05762-5.

MACEDO E.A., APPENZELLER S., COSTALLAT L.T.L. Depression in systemic lupus erythematosus: gender differences in the performance of the Beck Depression Inventory (BDI), Center for Epidemiologic Studies Depression Scale (CES-D), and Hospital Anxiety and Depression Scale (HADS). Lupus [s. l.], v.27, n.2, p.179-89, 2018. DOI: https://doi.org/10.1177/0961203317713142.

McNULTY R. et al. Fewer adverse effects with a modified two-bag acetylcysteine protocol in paracetamol overdose. Clin Toxicol (Philadelphia ), v.56, n.7, p.618, 2018.

McNULTY R., LIM J.M.E., CHANDRU P., et.al. Fewer adverse effects with a modified two-bag acetylcysteine protocol in paracetamol overdose. Clin Toxicol. Philadelfia, v.56, n.1, p.618, 2018.

NAKASHIMA C.A.K., et al. Incidência e aspectos clínico-laboratoriais do Lúpus eritematoso sistêmico em cidade do Sul do Brasil. Rev. Bras. Reumatol, São Paulo, v.51, n.3, p.235-239, 2011. DOI: https://doi.org/10.1590/S0482-50042011000300004.

NEDER P.R.B., et al. Relação entre ansiedade, depressão e adesão ao tratamento em pacientes com lúpus. Revista Paraense de Medicina, Belém, v.29, n.2, p.7–15, 2015.

REINERS A.A.O., et al. Produção bibliográfica sobre adesão/não-adesão de pessoas ao tratamento de saúde. Ciência. Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v.1, n.13, p. 2299–2306. 2008. DOI: https://doi.org/10.1590/S1413-81232008000900034.

RODRIGUEZ JPL, et al. Frequency of dental caries in active and inactive systemic lupus erythematous patients: salivary and bacterial factors. Lupus, [s. l.], v.25, n.12, p.1349-1356, 2016. DOI: https://doi.org/10.1177/0961203316640909.

SB Brasil 2010: pesquisa Nacional de Saúde Bucal: resultados principais. 1a? edição ed. Brasília. Distrito Federal: Ministério da Saúde: Secretaria de Atenção à Saúde: Secretaria de Vigilância em Saúde, 2014. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/pesquisa_nacional_saude_bucal.pdf .Acesso em: 12 de agosto de 2021.

SOLÉ, D., et al. Atualização sobre reações de hipersensibilidade perioperato?ria: documento conjunto da Sociedade Brasileira de Anestesiologia (SBA) e Associação Brasileira de Alergia e Imunologia (ASBAI) - Parte II: etiologia e diagnóstico. Rev Bras Anestesiol. v.70, n.6, p.642-661, 2020.

SOLENSKY R., et al. A. Drug Allergy: An Updated Practice Parameter. Ann Allergy Asthma Immunol, [s. l.], v.105, n.4, p.259-273, 2010. DOI: https://doi.org/10.1016/j.anai.2010.08.002.

WILSON W.R., et al. Prevention of Viridans Group Streptococcal Infective Endocarditis. A Scientific Statement from the American Heart Association. Circulation, Dallas, v.143, n.20, p.e963–e978, 2021. DOI: https://doi.org/10.1161/CIR.0000000000000969.

Publicado

2021-11-22

Como Citar

CANÇADO FIGUEIREDO, M.; BACK GOUVÊA, D.; MARTINS BRASIL, C.; VIANNA POTRICH, A. R.; ALVES DA SILVA , E. Atendimento odontológico de uma paciente com Lúpus Eritematoso Sistêmico:: relato de caso clínico. Cadernos de Ensino e Pesquisa em Saúde, v. 1, n. 01, p. 185-199, 22 nov. 2021.

Edição

Seção

Diálogo com a Sociedade